terça-feira, 16 de junho de 2009

Pouca vergonha

Pode não ser a expressão mais elegante, mas não dá pra ser muito diferente o título de um post que denuncia que, em plena vigência da "passagem a R$ 1,00", a mesma empresa que, segundo o blog do Roberto Moraes, recebeu R$ 800 mil somente no primeiro repasse de subsídios pela Prefeitura, mantenha na linha IPS, sob sua concessão, na hora do rush, um micro-ônibus superlotado.
Já é hora da EMUT ser menos condescendente e cobrar contrapartidas pelos subsídios generosamente "investidos" no setor, garantindo mais conforto e qualidade aos usuários do transporte coletivo.

4 comentários:

Gervásio Neto disse...

Quando vi o título da postagem, pensei se tratar da derrota do time da gávea no Paraná.

Anônimo disse...

Essa questão é muito importante.

Aproveito para elogiar o texto-denúncia do Xacal; a matemática da passagem a 1 real(as contas não batem).

Texto do Xacal: "Cara de pau..."

o representante do PT na Câmara(Renato Barbosa) não fala nada; depois, o PT fica chateado quando é chamado de omisso.

FÁBIO SIQUEIRA disse...

É Neto. O título até seria apropriado se eu me dispusesse a comentar tal assunto...

Abraço.

Anônimo(a) das 13:09,
O Vereador Renato Barbosa só concordou em votar favorável à prorrogação da tarifa única a R$1,00 após aprovar um requerimento de informações garantindo a informação mensal à Câmara sobre os recursos públicos destinados às empresas de ônibus. Assim que tais dados estiverem disponíveis vamos busca-los para publicação aqui.

Anônimo disse...

Caro Fábio, o citado vereador(Renato Barbosa) tem CONSCIÊNCIA de que os números são falsos(as contas não batem), porém não se manifesta.

Muita gente diz que o PT participou do poder municipal dos últimos 20 anos(isso não é verdade).

Porém, o PT fica omisso(Renato Barbosa não abre a boca).

Barcellar é a oposição à prefeita. Meu Deus!

A impressão que passa é que ninguém quer se queimar; depois(quando interessa) faz discurso de oposição.

O PT não se manifesta. Depois: "nós fomos contra a atitude da prefeita".
Onde? Quando? Quem?

Barcellar entrará para a história como o vereador que fez oposição ao governo municipal, EMBORA O PT TENHA UM REPRESENTANTE NA CÂMARA MUNICIPAL.