sábado, 30 de maio de 2009

"Quem não pode fazer nada, avacalha"

Boa notícia para os cinéfilos apreciadores dos filmes nacionais. Bem...pelo menos para admiradores do cinema marginal (ou libertário?) da Boca do Lixo. Eis que aparecem os primeiros DVDs da Coleção Cinema Marginal Brasileiro com os filmes "Bang, Bang"; "Sem essa, Aranha"; "Os Monstros de Babaloo" e "Meteorango Kid - o herói intergalático".

O crítico Jairo Ferreira prefere chamar de "cinema de invenção" ou como diria Rogério Sganzerla: "...filmar como não se deve filmar". Restrições, censura, falta de dinheiro mas muita, muita inventividade. O melhor é assistir e chegar você mesmo a sua definição. Para sentir um pouco da verve, veja este trailler do fenomenal e achamboado"Bang, Bang".


[esse é pra você, Soprador de Vidro]

5 comentários:

Gustavo Carvalho disse...

Kbça, aonde vóis micê arrumou esse negócio? Troço anarco-vanguardista maneiro! O perigo é o "Soprador de Vidro" levar à sério sua sugestão, tomar coragem, e começar a avacalhar geral! Até que não seria mau negócio...
Saudações surrealistas

Gustavo Landim Soffiati disse...

O que é que eu tanto avacalho, caros?
Sou soprador e não avacalhador de vidro. Esculhambador geral é Winston Churchill Rangel.

Abraços.

Gustavo G. Lopes disse...

Rapaziada, que excesso de Gustavos!!!
Prezadíssimo Soffiati, a dedicatória fica por conta do apreço pela inventividade e pela animadas conversas cinéfilas que apontam em todas as direções.

Mas...cá pra nós...tá faltando uma boa carga de avacalhamento nesta blogosfera. Essa de "rede blog" fica parecendo chá das cinco.

Salve o Xacal, o anarco-blogueiro, filho de Ogum.

Gustavo Landim Soffiati disse...

Ok, Kbça. Esqueci de acrescentar rs ao meu comentário. Acabei respondendo também ser ter conseguido ver o vídeo.
Abaixo o excesso de Gustavos e pela avacalhação geral por quem não tem o que fazer. Afinal, blogueiro é um ser desocupado. Rs.

Abraços a todos.

Xacal disse...

onde tem muito gustavo, eu retiro minha augusta e gustava presença...

muito gustavo junto, não dá boa coisa...