quinta-feira, 19 de março de 2009

Um blogueiro incomoda muita gente...

Talvez uma REDE de blogs incomode muito mais!
Sinceramente, não sei qual é o caso do(a) bravo(a) companheiro(a) anônimo(a) -identificado apenas como profissional da educação lotado(a) nas escolas municipais Lions I e Cemstiac - que fez duras críticas a mim na manhã de hoje no blog A TroLhA.
Em que pese reconhecer a pertinência de certas críticas, com a humildade devida, não sei bem se o que move o(a) companheiro(a) é apenas a sincera crítica à direção do SEPE Campos - onde respondo por 10% da responsabilidade, já que a direção é "colegiada e proporcional", como bem lembrou o Xacal em comentário sobre o assunto no blog Soprador de vidro, do Professor Gustavo Soffiati - ou se trata de um pretexto para criticar o blogueiro, os blogs e, transversalmente, minar a crescente influência da blogosfera local. Ontem, conversando com um amigo de Niterói, ele se surpreendeu com a vitalidade da blogosfera campista, algo já destacado por Xacal esta semana, reproduzindo idêntica apreciação do nosso amigo e colaborador Gustavo Lemos.
Se o objetivo é apenas uma crítica democrática ao SEPE Campos, não posso responder pelo universo da direção, mas posso fazer algumas considerações:
1) De fato, o contato do sindicato com a base da rede municipal não é o adequado. Poderia aprofundar uma análise sobre algumas razões que determinam esse fato, mas não é o momento adequado, sob pena de ser interpretado como desleal e produzir inferência indevida em período pré-eleitoral, apesar de já ter deixado bem claro que não pretendo compor chapa na eleição do SEPE em julho.
Por hora, devo dizer que cobrir uma base que o próprio crítico(a) dimensiona em 247 unidades - revelando grande conhecimento da estrutura da SMEC - não é tarefa simples para um conjunto de 10 diretores, num núcleo que não dispõe de carro próprio; que são apenas 3 licenças sindicais na rede municipal para cumprir tal tarefa (no momento apenas 1 está sendo utilizada), e que este blogueiro não pertence aos quadros desta rede, sendo minha função prioritária acompanhar a rede estadual, o que contudo não me desobriga de responsabilidades para com a base da Prefeitura e que o histórico de disputa pela base com o SIPROSEP, muitas vezes favorecido pela Prefeitura enquanto interlocutor privilegiado - apesar do parecer da Justiça que credencia o SEPE como representante da categoria - são fatores explicativos deste afastamento;
2) O SEPE Campos, como bem observou Xacal, não dispõe de blog na internet e não deliberou a utilização deste meio de comunicação como forma de mobilização para a asembléia de ontem, muito menos de forma exclusiva. A divulgação aqui, bem como tudo que é publicado, foi algo de minha responsabilidade pessoal. Atendendo a sugestão de um(a) outro(a) comentarista, solicitei divulgação à REDE BLOG, no que fui atendido por vários de seus integrantes. Apesar do pouco tempo - a assembléia foi marcada na última sexta-feira (13/03) - houve corrida a Escolas, fixação de cartazes e distribuição de panfletos em varias unidades. Estas foram as formas oficiais - realmente precárias - de convocação da reunião. Contudo, o (a) crítico(a) anônimo(a) parece ter tido contato com a convocação para a mesma justamente pelo meio que desqualifica;
3) Está em destaque na matéria sobre a asembléia na Folha da Manhã de hoje minha declaração sobre a necessidade de um tempo maior para a próxima asembléia - marcada para 06 de abril - justamente para produzir uma melhor divulgação da mesma em corrida às Escolas. Se tivessa comparecido à assembléia e usasse de boa fé, o(a) crítico(a) saberia que fui claro em minha intervenção ao reconhecer a necessidade de se investir na visita às unidades, admitindo um certo afastamento das bases e buscando superar parcialmente este problema em um maior intervalo de tempo. Ainda assim, a assembléia de ontem não deve ser desqualificada. A história nos ensina que da fundação do Partido Comunista Chinês - que se tornaria o maior partido político do mundo - em 1921, participaram apenas 13 delegados que se reuniram num barco alugado em Xangai;
4) Convivo cotidianamente com fundadores e militantes históricos do SEPE. O Professor Eduardo Peixoto, por exemplo, compõe a atual gestão. Nenhum deles até hoje declarou considerar que eu ou a atual direção da entidade "envergonha o seu passado de luta."

Se a intenção é atacar o blogueiro e os blogs locais, não vou perder tempo em refutar uma agressão que só corrobora a força da rede ao reverberar nela mesma.

Acrescento ainda que nunca ataquei a categoria neste ambiente, e que as "respostas" aos posts aqui publicados são quase sempre liberadas, salvo nos casos já explicitados. Me reservo o direito de estabelecer critérios para administrar o espaço virtual pelo qual sou responsável. Reitero também que, apesar de decidido a não compor a próxima direção do SEPE Campos, continuarei filiado e militante do sindicato. Assim, espero que o espírito crítico que motivou a "reflexão" n'A TroLhA possa sair de trás do teclado, do mesmo ambiente que desqualifica e se identificar oportunamente, pondo toda sua energia e disposição para a mobilização e todo seu profundo conhecimento da realidade da categoria à disposição da mesma, participando da composição de uma chapa na próxima eleição e da futura gestão! Isto, é claro, se já não estiver a serviço de algum outro interesse.

ATUALIZAÇÂO às 17:43 para acrescentar relevante fato histórico.

6 comentários:

Xacal disse...

Texto impecável...

Raskolnikov disse...

Hibris contida e direto ao ponto. "Fé Cega e Faca Amolada"!

Mônica de Sousa disse...

Perfeito,caro Fábio. E que o crítico se mobilizem para a próxima assembleia, afinal não pode apenas fazer dos blogues a sua (dele) trincheira, já que esse meio de comunicação foi tão duramente criticado, no entanto não foi à reunião nem usou os meios "tradicionais" de que ele dispunha para convocar nas duas escolas onde diz lecionar.
As lutas intestinas pelo poder sejam em qualquer instância não devem ser mais importantes que a uta maior, ou seja nesse momento é o enfrentamento com o governo municipal que vai jogar duro contra a democracia nas escolas.

Professora Hilda Helena disse...

Concordo com Xacal:Texto impecável!!!!

Anônimo disse...

Prof. Fabio. qual foi a posição da prefeita ou da secretaria de educação a respeito do concurso da educação que ocorreu no ano passado? Eles vao convocar novos concursados?

Garotinho esta colocando professores contratados dentro da educação!

FÁBIO SIQUEIRA disse...

Caro(a) Anônimo(a) das 05:21,

A questão da convocação de concursados para eventuais carências na rede está na pauta da audiência do próximo dia 26 com a Secretária Auxiliadora Freitas.