segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Pega na mentira!

Leitor do blog do Roberto Moraes identifica "deslize" de Arnaldo Vianna no debate. Ou seria mesmo um desvio de conduta? Leia aqui, e tire suas conclusões!

6 comentários:

Anônimo disse...

fABIO

VEJA ESTE ESCLARECIMENTO POSTADO NO BLOG DO CLAUDIO ANDRADE

A assentada apresentada no blog do companheiro Roberto Moraes não comprova depoimento e sim arrolamento de testemunha. Não sejamos tão fanáticos. Tenhamos um pouco de critério. Para encerrar as dúvidas, basta que a mesma pessoa que postou a presente assentada, coloque a assentada do depoimento de Arnaldo e tudo estará resolvido. A cópia que se encontra disponível, como todo o respeito, não prova nada. Não estou defendendo Arnaldo e sim querendo que as análises favoráveis ou não a ele, sejam feitas pautadas em documentos conclusivos.

Cláudio Andrade.

Anônimo disse...

Ola amigos internautas, eu moro em NADA ou talvez em LUGAR NENHUM! mto obrigado pela afirmaçao q o senhor fez por 2 vzes no debate candidato! o povo de guarus vai te devolver isso nas urnas!

Xacal disse...

Mais uma do dotô "imparcial", com emprego na zé pelúcio...

O que arnaldo popozão disse é que ele não era testemunha, o que a ssentada desmente...

Quando é convocada, o vínculo desde o início se estabelece...

O que não quer dizer que o conteúdo do testemunho seja favorável ou desfavorável a defesa de quem o indicou como testemunha....

popozão mentiu sim: ele é testemunha....de defesa de alex...

rufus disse...

Mas, enfim...
A "assentada" é do Arnaldo, ou do Mocaiber???
O réu no processo é Alex, ou Francisco???

Anônimo disse...

Enquanto eis assentam, nós se lasca!

Anônimo disse...

O titulo desse postado é muito bom, porque se encaixa em diversas situações. Uma delas é a forma que Roberto Moraes está administrando os comentários em seu blog. Apesar de se colocar como imparcial, só está permitindo que sejam publicados os comentários que lhe interessa e favoráveis a menininha da Lapa. De vez enquanto libera algum contrario, para manter as aparências.
A democracia que o professor Roberto defende é a de opinião única, a dele. Como já é de conhecimento, a muito tempo, dos servidores e professores do Cefet, onde foi diretor.
Estou decepcionado por ter acreditado que seria um bom nome para representar a terceira via (lembra). Agora estou vendo que é igual a todos os outros, a democracia só interessa quando é a seu favor ou do que defende. Agora, estou com uma duvida, qual o interesse que está por trás dessa mudança de postura?
Será que foi prometido algum carguinho?